Iran Galeria de Arte
(32) 3215.5540 Batista de Oliveira, 1008 - Centro - Juiz de Fora / MG Molduraria e Galeria de Arte

Farnese

Farnese de Andrade (1926-1996) pintor, desenhista, escultor, gravurista e ilustrador brasileiro.
 

Estudou pintura com Guignard e gravura no MAM do Rio de Janeiro.
 

Trabalhou no Cruzeiro. Morou em Barcelona.
 

Dono de uma personalidade difícil, morreu em 1996, aos 70 anos, sem ter sua obra suficientemente analisada pela crítica nem absorvida pelo mercado de arte.
 

Farnese de Andrade Neto começou a carreira como desenhista e gravador e, a partir de 1964, passou a transformar os restos de madeira e brinquedos que coletava junto com conchas e detritos vindos do mar em obras de arte. Essas obras - assemblages de composições e formatos variados - são o ponto alto do seu trabalho e dessa mostra. As primeiras caixas de Farnese já misturam bonecos destruídos, mariscos, cacos e bolas de vidro. Embora tenha sido muitas vezes chamado de escultor, o artista nada esculpia; apenas dava tratamento ao mobiliário mineiro de roça que adquiria em fontes diversas, misturando-os à "coleção de restos" que reunia nas praias e até mesmo na rua. As imagens de santos também são um elemento recorrente em sua obra. Elas aparecem invertidas, mutiladas ou envoltas em redomas (nas peças mais antigas) ou resina (mais recentes). Sobretudo os santos popularizados pela Umbanda - como Iemanjá, São Jorge e os gêmeos São Cosme e São Damião.
 


Fanese
70x50 cm


Fanese
70x50 cm


Fanese
70x50 cm